NOSSA GALERIA

 

 

                                                                      

 

                                                                   

Polícia Civil prende dupla acusada de matar taxista com arma branca

Polícia Civil prende dupla acusada de matar taxista com arma branca

Suspeitos contrataram uma corrida e anunciaram o assalto com o objetivo de subtrair o táxi

 

Por Redação*

 

 

 

23ª DP

Dois jovens de 18 anos e de 20 anos foram presos acusados de ter assassinado a facadas um taxista na região metropolitana de Pilar. A dupla executou a golpes de arma branca Jorge Domingos dos Santos, 60 anos, no dia 28 de maio.

Segundo informações da assessoria de Comunicação da Polícia Civil (PC/AL) os Policiais civis do 23º Distrito Policial (23º DP), comandados pelo delegado José Carlos André dos Santos, cumpriram nesta sexta-feira (2), os mandados de prisão de Jailson Silva Nascimento, 18 anos, conhecido como “Jau”, e Roberto Silva Mendes , 20 anos, o “Betinho”.

A dupla contratou uma corrida e anunciou o assalto com o objetivo de subtrair o táxi. Segundo o delegado, um dos acusados era conhecido de Jorge, que confiou neles,  mas foi assassinado a golpes de arma branca, em um matagal nas proximidades do trevo para Marechal Deodoro.

Após o crime, o corpo da vítima foi abandonado no canavial, na zona rural de Pilar, e foi localizado dois dias depois. O veículo do taxista também foi encontrado colidido em uma ponte destruída pelas chuvas que castigaram o município.

 “Chegamos à conclusão que o bárbaro crime foi praticado por Jailson e Roberto, e solicitamos a prisão deles à Justiça, e, após decretada a prisão temporária de ambos pelo Juiz Sandro Augusto dos Santos, da Comarca de Pilar, os dois foram detidos e confessaram o crime, alegando arrependimento”, concluiu o delegado.

*Com Ascom PC/AL